samsung S4A Samsung apresentou na noite da última quinta-feira, 14 de março, a nova geração da sua linha de smartphones, o Galaxy S4. O aparelho que deve chegar às lojas no final de abril [inclusive aqui no Brasil], veio com poucas inovações, mas trouxe poder à marca, o que deve acirrar mais ainda a batalha pela hegemonia do mercado [leia-se Apple x Samsung]. Mas vamos falar  um pouco do novo Galaxy.

Falando em Apple e na sua tela Retina, o novo Galaxy tem tela Super AMOLED de 5 polegadas com resolução Full HD, e densidade de pixels de 441 ppi. O resultado é uma belíssima tela que permite novas funções bem bacanas, além de uma sensibilidade maior do aparelho. Já em se tratando de processador, teremos duas versões: uma com Exynos octa-core, de 1,6 GHz, e outra com Snapdragon S4 Pro quad-core de 1,9 GHz. Alguns países vão receber o Exynos e outros o Snapdragon. O S4 roda com 2GB de RAM e possui 16GB de armazenamento, mas com opções de 32GB e 64GB, além da já comum entrada para microSD. Ele tem bateria removível de 2600mAh, o que é um ponto positivo em relação ao seu maior concorrente, o iPhone. Mas vamos esperar para ver como a bateria se comporta em termos de consumo com uma tela Full HD.

Uma das funções bacanas do Galaxy S4 é poder usar as duas câmeras ao mesmo tempo [câmera traseira de 13MP com Flash, e outra de 2MP frontal]; gravar videos ao mesmo tempo nas duas câmeras, além de poder tirar cerca de 100 fotos em 4s com a câmera frontal. O S4 roda o JellyBean 4.2, mas vem bem recheado de funções, como estas:

Smart Scroll: função que sabe quando você está olhando para o aparelho; então se você inclinar o aparelho para frente ou para trás, o conteúdo no app rola para cima ou para baixo; 

Smart Pause: entra em ação quando você estiver vendo vídeos: ele percebe se você não está olhando para a tela, e pausa o vídeo depois de um segundo ou dois. 

Air View: permite pairar um dedo em pastas na galeria – sem tocá-las – e abrir uma pré-visualização das fotos. 

Air Gesture: você pode navegar na web sem tocar a tela: basta mover o dedo no ar para cima ou para baixo, e a página rola sozinha.

S Translator: entende dez idiomas, incluindo português brasileiro. Ele transcreve o que você diz, e dita em outro idioma. Ele funciona mesmo sem conexão à internet.

Adapt Display: ajusta-se o brilho, saturação e contraste na tela baseado no que você está vendo. 

Há ainda outras funções bem bacanas no Samsung, mas nada como um hands on para descobrir uma por uma.

Samsung S4 Perfil

Resumindo, o Galaxy S4 é um ótimo smartphone, mais classudo que o anterior [como você pode ver nessa tabela comparativa], com tecnologia avançada, ótimo design e alguns passos à frente da concorrência. E não precisou trazer nenhuma tecnologia realmente inovadora ou de cair o queixo para conquistar esse espaço. Talvez porque agora seja o momento das empresas de smartphones perceberem que não precisam revolucionar o mercado com seus gadgets a cada ano. Assim como todo nicho mercadológico pisa no freio um tempo, empresas como Apple e Samsung precisam apenas manter o nível de excelência em seus produtos e de satisfação dos clientes, além de andar lado a lado com a tecnologia, buscando inovação em novas experiências de interação, por exemplo. A Samsung fez seu movimento e agora é a vez da Apple agir. Especialistas acreditam que a Apple vá revolucionar com um app matador no próximo lançamento do seu principal produto, o iPhone. Como sempre, nós saímos ganhando. É esperar pra ver e aproveitar essa briga saudável.

Fontes: Gizmodo/Tecmundo

Tags: , , , , , , , , , , , ,


Deixe um Comentario